08
01

Mergulhando na comédia com Single Parents, escrevendo música nova, e sendo mãe “cegamente e com amor”, Leighton Meester está tentando equilibrar tudo. Leighton Meester não é uma mãe solteira. Mas ela interpreta uma na TV.

“Como a mãe Angie D’Amato em Single Parentsda ABC, Meester é engraçada. Mas ela tem sido seriamente humilde ao interpretar uma mãe solteira. “Essa personagem obviamente tem muitos desafios e experiências que nunca enfrentei”, diz Meester sobre Angie, umaparalegal cujo parceiro a abandonou quando Angie estava grávida, “o que é parte do motivo que me fez querer aceita-la.”
A amada ex-membro de Gossip Girl se tornou mãe desde a época que ela criou a cultura pop adolescente e ícone fashion Blair Waldorf, que reinou desonestamente na escola privada no circuito do Upper East Side de 2007 a 2012. Depois de conhecer outra personagem de TV do nada com um seguimento de culto, Adam Brody, o Seth Cohen de “The O.C.”, no set do filme deles, “The Oranges”, Meester se casou com ele. O casal famosamente privado teve uma filha em 2015. A atriz foi escalada em Single Parents alguns anos depois de ela mesma ter se tornado mãe, o tempo do qual é apenas uma serendipidade, ela diz. “O fato de que eu sou uma mãe agora informou minhas decisões e me ajudou em cada passo do caminho, tanto com os desafios de ser mãe quanto com especificamente fazê-lo por conta própria. Felizmente, eu faço isso com um parceiro, mas, mesmo estando sozinha por curtos períodos de tempo, eu dou muito mais crédito àqueles que fazem isso sozinhos.” Esse parceiro, Brody, é também, não só um ator, mas, atualmente, seu colega de trabalho com um papel recorrente na segunda temporada de Single Parents como o ex não confiável da Angie, Derek.
“Não há nenhuma prioridade necessariamente – a única prioridade é a nossa família.”
Perguntada em como eles priorizam suas carreiras como dois atores ativos, Meester diz: “Não há prioridade necessariamente – a única prioridade é a nossa família. Nós apenas levamos alguns momentos até descobrirmos qual decisão nos fará mais felizes e nos manterá mais unidos, e nós meio que resolvemos.” Claro, isso significa que algumas vezes um deles pode estar longe por um período estendido em um set de filmagens, mas frequentemente é balanceado quando o casal está em casa juntos por meses em um período com a sua filha de quatro anos. Ainda assim, as vezes que eles são pais sozinhos pode ser difícil. “Porque nós estamos na mesma indústria, nós passamos mais tempo longe um do outro. Quando um de nós passa mais tempo sozinho com a nossa filha – enquanto também passa muito tempo no trabalho, onde podem ter dias 12, 13, 14 horas longe do seu filho – mesmo nesses breves períodos, são tão, tão desafiadores.” Mas a Meester é grata e afortunada em continuar a trabalhar em uma indústria competitiva e inconstante, e ser capaz de ter ajuda externa – “que eu posso contar grandemente.” No entanto, não é só porque ela tem uma filha agora, Meester diz, não significa que, de repente,ela é uma expert em ser mãe. “Eu definitivamente não tenho nenhum conhecimento especial, dicas ou truques. Eu apenas jogo tudo que eu não sei no Google ou pergunto a amigos.
“Quando eu sou perguntada, ‘como você faz para ser mãe?’, eu digo apenas como todo o resto, ‘cegamente e com amor’.”
Desde que Gossip Girl permeou o espírito da época, terminando apenas sete anos atrás, o panorama da televisão mudou radicalmente, um fato do qual Meester está bem ciente. Como tal, ela é ainda mais grata pela oportunidade de trabalhar em um canal de TV. “Do meu ponto de vista, é criativamente incrível,” Meester diz. “O time de produtores, elenco e equipe técnica de “Single Parents“ têm feito isso por um longo tempo e têm ideias frescas e são muito colaborativos. Você não tem que se conformar com a fórmula antiga de canal de TV.” Meester se orgulha de como a série retrata as famílias de pais solteiros, algo que ela diz que muitos espectadores não foram expostos na televisão. Ela também tem orgulho que a série é dirigida por mulheres, criada por Liz Meriwether(deNew Girl da Fox eBlessThisMess da ABC)e a produtora executiva JJ Philbin (famosa porThe O.C., sim, mundo pequeno). Quanto a trabalhar sob a liderança de mulheres, “Eu não diria que é a razão número um” para fazer a série, diz Leighton, “mas colaborar com outras mulheres em particular tem sido incrivelmente inspirador e maravilhoso para mim – é um espaço tão confortável para se trabalhar.” Meester também está bem adequada ao gênero cômico. “Eu percebi que este é um mundo que eu gosto de viver: ir para o trabalho e rir com outras pessoas engraçadas e incríveis, fazendo uma série que é de uma vez emocionante e divertida e absurda.” Ela credita suas co-estrelas, “veteranos” da comédia, TaranKillam (SNL, Mad TV) e Brad Garrett (Raymond e Companhia), como encorajadores para que ela “faça as coisas funcionarem e dar a minha própria voz à personagem.”
“Colaborar com outras mulheres em particular tem sido incrivelmente inspirador e maravilhoso para mim – é um espaço tão confortável para se trabalhar.”
No pouco tempo de inatividade que ela tem ao filmar sua série por cerca de nove meses ao ano, Meester também está esculpindo um espaço para outra de suas paixões: sua música.Ela escreveu um álbum e está o gravando – o primeiro desde o lançamento de seu álbum folk de 2014, Heartstrings, de músicas ofegantes e sonhadoras– com a esperança de lançar novas faixas no próximo ano. “É difícil categorizar sua própria música,” diz Meester, mas ela a chama vagamente de “cantor-compositor”. Apropriadamente, ela citou Tori Amos, Kate Bush e Joni Mitchell como as influências musicais com as quais ela cresceu. Leighton  também adoraria fazer teatro de novo – ela co-estrelou em Of Mice and Men na Broadway com James Franco e Chris O’Dowd em 2014. “Eu realmente gostaria de fazer uma comédia. Eu fiz Of Mice and Men, que não era uma comédia”, ela diz, rindo do óbvio. “Eu amaria fazer alguma coisa mais leve.” Leighton Meester está cautelosamente otimista sobre revisitar Gossip Girl, programada para um reboot pela HBO Max, com Kristen Bell retornando como narradora. “Uma nova geração de garotos está chegando e, com esperança, as pessoas encontrarão seus lugares e seus personagens favoritos especiais”, ela diz sobre a sequência, que ocorre oito anos após o original. Quando a série estreou, o primeiro iPhone tinha acabado de ser lançado, e Twitter e Instagram não eram os onipresentes e envolventes modos de comunicação e compartilhamento que eles são hoje. “Não era o mesmo tipo de mundo da internet, então isso provavelmente terá um enorme impacto na série hoje. Eu tenho certeza de que será realmente divertido, e espero que irá capturar a mágica e fazê-la de um modo diferente, em um novo jeito, mais 2020.” Espera-se que o reboot seja um comentário oportuno sobre os adolescentes e as mídias sociais de hoje. Quanto à própria frequência de mídia social, Leighton diz que tenta “permanecer desapegada o máximo possível. Eu não fico necessariamente empolgada com as mídias sociais, o tipo de efeito de máquinas caça-níqueis de curtidas ou seguidores. Não me parece validar da mesma forma que a verdadeira interação da vida real.” Ela gosta de promover seu trabalho de caridade e compartilhar novos trabalhos com fãs genuínos, mas tenta limitar seu uso “como uma medida de precaução”.
“Eu não fico necessariamente empolgada com as mídias sociais, o tipo de efeito de máquinas caça-níqueis de curtidas ou seguidores. Não me parece validar da mesma forma que a verdadeira interação da vida real.”
Blair Waldorf uma vez governou o universo da moda, mas Meester, agora, em comparação, é discreta. Seu estilo, ela diz, é “mais necessidades utilitárias, um pouco menos é menos.” Ela colocou o pé no mundo do design, colaborando com a designer de Los Angeles, Christy Dawn, para criar o Macacão Leighton, no qual os rendimentos beneficiaram o Downtown Women’s Center em Los Angeles, onde Meester tem se voluntariado há anos. “Tornar-se mãe e envelhecer, tudo começa a mudar, incluindo seu senso de estilo”, diz Leighton. “Você está descobrindo o que ficabom em você, o que você gosta e o que é fácil”.    

© 2019 Leighton Meester Brasil • Hospedado por Flaunt • Layout por Lannie D